Pesquisa

K-M


K - Kaf 


Kadish - קדיש (do aramaico "sagrado") é o nome que se dá à oração que um filho faz pela alma de uma mãe ou pai, falecido, visto que nossos pais nos trazem ao mundo, é digno e justo que nós os filhos nos funerais e aniversários de seu falecimento, possamos ajudar suas almas a se libertarem do sofrimento e atingirem a paz no mundo vindouro (Olam Aba).

Keará - כערה Lit. “prato”; bandeja, travessa ou toalha sobre a qual são colocadas as três matsot e os seis ingredientes que serão utilizados durante o sêder.
Keará -
כערה Literalmente significa prato, bandeja, travessa ou toalha sobre a qual são colocadas as três matsot e os seis ingredientes que serão utilizados durante o sêder.
Kelipá - קליפה (pl.: Kelipót) “cascas (ou seja, forças) do mal”, semelhante a uma casca que cobre e oculta o interior [da fruta, etc.]. A kelipá também oculta a bondade e a Divindade (N.I.T.).
Kelipat Nôga - קליפת נגהcasca de brilho”. A quarta kelipá que não oculta completamente a bondade ou Divindade interior, permitindo que ela brilhe através (da casca) parcialmente.
Kfar Chabad -
כפר חב"ד Cidade Chabad em Israel.
Kidush -
קידושSantificação”; bênção recitada sobre uma taça de vinho que proclama a santidade do Shabat ou festa judaica.
Kidush hachodesh -
קידוש החודש santificação da lua nova.
Kidush Hashem -
קידוש השם Ato de santificar o nome de D’us.
Kinót
קינות poemas litúrgicos de luto recitados em Tishá Beav.
Kipá -
כיפה Solidéu; cobertura usada na cabeça pelo homem judeu para sempre estar ciente da Presença Divina acima dele.
Kislev -
כסלו Nono mês do calendário judaico.
Kotel -
כותל Muro das Lamentações. Local mais sagrado do povo judeu após a destruição do Templo Sagrado. Único muro remanescente que cercava o Templo em Jerusalém.


L - Lamed 

Lag Baômer - ל"ג בעומר é o trigésimo terceiro dia do Ômer; dia festivo.
Lashon hará -
לשון הרעmá língua”, falar mal dos outros, fofoca.
Latkes -
לביבה panquecas de batata servidas tradicionalmente em Chanucá. Em hebraico pronuncia-se Levivah.
L´chayim
"לחיים!" Literalmente “à vida”; é um brinde judaico feito sobre uma bebida forte. Tal como cheers ou saúde.
Levi
לוי Uma das três categorias em que se divide o povo judeu: Cohen, Levi e Israel.
Levita - Descendente da tribo de Levi. Os levitas tinham várias tarefas no Templo Sagrado, dentro as quais cantar e tocar os instrumentos durante o serviço das oferendas e eram parte da guarda de honra do Templo.
Levivot
לביבות Panquecas de batatas ou queijo fritas em óleo. Este e outros pratos típicos de Chanucá são feitos com bastante óleo para lembrar o milagre do azeite.
Licutei Sichot -
ליקוטי שיחות Discursos do Rebe que foram editados através dele; engloba 39 volumes com comentários sobre os mais diversos assuntos.
Lubavitch -
ליובאוויטש Literalmente “cidade do amor” ; aldeia na Rússia Branca (Belaruss), que foi berço e permaneceu como centro do movimento Chabad-Lubavitch por mais de um século.( 1813 a 1915).
Lulav -
לולב Ramo de palmeira-tamareira Uma das quatro espécies utilizadas para fazer as bênçãos especiais durante a festa de Sucot.

M - Mem 

Maamar - מאמר (pl.:maamarim) discursos místicos formais de ensinamentos da Chassidut, pronunciados pelos Rebes.
Maariv -
מעריב [ou Arvit] Oração (prece) Noturna
Macabi -
מכבי Acróstico das palavras hebraicas "Mi Camôcha Baelim Hashem", que significa "Quem é como Tu entre os poderosos, ó D'us". Estas palavras estavam escritas no escudo de Yehudá. Outra opinião diz que este apelido foi dado a Yehudá por causa de seu heroísmo e força extraordinária comparada a um martelo (macabi é similar a makêvet, martelo em hebraico).
Maguid -
מגיד Mestre ou “pregador”.
Maharash -
מהר"ש acróstico de Moreinu Harav Shmuel, quarto Rebe do Movimento Chabad Lubavitch.
Maimônides -
מיימונידס Rabi Moshé ben Maimon (4895-4964 da Criação / 1135-1204). Talmudista, médico, filósofo, matemático e codificador da Lei Judaica. Nasceu na Espanha e viveu no Marrocos e no Egito. Foi enterrado na Terra Santa, na cidade de Tiberíades.
Malchut -
מלכות literalmente: realmente.Tangivelmente; tal qual; palpável.
Maná -
מן Alimento que caía dos céus e que era enviado por D’us ao povo judeu no deserto; adquiria o sabor desejado. Em hebraico diz-se “Man”
Ma Nishtaná -
מה נשתנהLiteralmente “Por que é diferente [esta noite de todas as noites do ano?]”; canção composta de quatro perguntas entoada pelas crianças no início do Sêder de Pêssach, abrindo a narrativa da Hagadá que responde todas elas.
Maot chitim -
מאת חיטים literalmente: “contribuição por trigo”. Caridade distribuída especialmente em Pêssach (e outras necessidades, inclusive de outras festividades).
Mashiach
משיח Literalmente. “ungido”; descendente do Rei David, descrito pelos profetas como o ser humano que trará o entendimento de D’us a todos, reconstruirá o Terceiro Templo Sagrado em Jerusalém e a Era Messiânica – época de paz e tranqüilidade no mundo todo
Mashpia - משפיע‎ (pl.:mashpiím (masc.), Mashpiót (fem.)) – literalmente ”[bom] influenciador”. Em geral, um chassid mais idoso encarregado da educação e desenvolvimento do caráter de outros chassidim.
Maror - מָרוֹר Ervas amargas; são consumidas no sêder em lembrança aos tempos amargos vividos por nossos ancestrais no Egito.

Matzáh - מַצָּה Pão não levedado feito somente com farinha e água; o pão é assado através de um processo que leva menos de 18 minutos desde o momento em que a farinha toma contato com a água.
Matzáh Shemurá - מצה שמורה Matzáh “guardada” é a Matsá produzida com extremo cuidado desde o plantio do grão, na moagem até o final do processo, para que não tivesse nenhum contato com água..
Mazal Tov - מזל טוב Parabéns, literalmente: boa sorte.
Mearat Hamachpeláמערת המכפלה Literalmente “caverna dupla”, é o local em Hebron, na Terra Santa, onde estão enterrados quatro casais: Adão e Eva, Abraão e Sara, Isaac e Rivka, Jacó e Lea.
Menorá - מנורה candelabro de sete braços, aceso diariamente no Templo.
Messirut nefesh - מסירות נפש devoção absoluta, auto-sacrifício.
Mezuzáh - מזוזה Pequeno rolo de pergaminho, que contém trechos sagrados da Torá, e que é protegido por uma caixinha e pregado nos umbrais das portas de lares e estabelecimentos judaicos.
Michá - מיכה profeta Miquéias, do Tanach, [acróstico de Torá (Pentateuco), Neviím (Profetas) e Ketuvím (Hagiógrafos)].
Micve - מקוה (pl.:micvaot) piscina de imersão (ritual) construída conforme rigorosas prescrições da Halachá. Utilizada principalmente por mulheres casadas como parte das leis de “pureza familiar”.
Midrash - מדרש Interpretação não literal e ensinamentos homiléticos dos sábios, na escritura.
Minchá - מנחה Oração (prece) da Tarde.
Minyán - מניין quorum de dez homens adultos (a partir de 13 anos) reunidos para orações.
Miskan - מישכן  É o Tabernáculo, templo em forma de cabana no tempo de Moisés, até ser substituido por Salomão no Beit HaMikdash.
Mishlé - ספר מִשְלֵי Livro dos Provérbios, livro do Tanach [acróstico de Torá (Pentateuco), Neviím (Profetas) e Ketuvím (Hagiógrafos)].
Mishnáמשנה Primeira compilação da Lei Oral, base do Talmud, escrita em termos curtos e claros, em hebraico. Contém 60 tratados.
Mitsrayim - מצרים Egito
Mitsvá - מצוה (plural mitsvot) Preceito ou ordem da Torá.
Obrigação religiosa; um dos 613 mandamentos (mitsvot).
Mitsvá Tank - מצווה טנק Veículo utilizado para a divulgação e aproximação de judeus no caminho da Torá e no cumprimento das mitsvot , ações positivas.
Mivtsá - מבצע (pl.: Mivtsayim) campanha, especificamente: campanha para divulgar e fortalecer o cumprimento de um preceito [da Torá].
Modê ani - מודה אני “Eu reconheço (ou agradeço)...” Primeira declaração a D’us (sem conter o nome Divino) recitada logo ao acordar.
Monte Sinai - ג'בל מוסא Local escolhido por D’us para a outorga da Torá.
Moshê - משה Primeiro líder do povo judeu; tirou-os do Egito, entregou-lhes as Tábuas da Lei e guiou-os no deserto. Dando ao povo hebreu a religião judaica e os preceitos da Toráh.
Motsi-matzáh - מוציא מצה Um dos passos do sêder de Pêssach, que é a  bênção sobre a matsá”; momento em que o condutor do sêder segura as três matsot juntas e todos recitam a bênção.
Movimento Chabad Lubavich - חבד ליובאוויטש  Movimento chassídico de filosofia judaica, (acrônimo de "חכמה Chochmah - בינה Binah - דעת Da'at", "sabedoria, Entendimento e Conhecimento") o movimento foi fundado no século XVIII por Rabi Yisrael Báal Shem Tov, com a finalidade de desenvolver os seguintes aspectos: envolver-se emocionalmente na prece; servir a D’us utilizando-se do mundo material; dedicar-se à parte mística do judaísmo além de sua dimensão revelada; vivenciar o poder da alegria e do cântico; ter responsabilidade física e moral com seu próximo; manter uma ligação espiritual, cada um com seu santificado líder, o Rebe.
Mussaf - מוּסָף “serviço adicional” em Shabat e Yom Tov.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...